1649

Prefeitura Municipal de Guaratinga

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Prefeitura Municipal de
Guaratinga

Escolas municipais de Guaratinga passam a contar com professor e intérprete de LIBRAS

Fonte: ASCOM - Prefeitura de Guaratinga
25/05/2022 às 11h21

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A Prefeitura de Guaratinga passou a oferecer no mês de maio professores e intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) na rede municipal de ensino. O Renascer I e Instituto de Educação são as primeiras unidades escolares que já contam com a atuação dos profissionais.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, foi contratado o professor e intérprete, Cristiano Pereira dos Reis, para ensinar alunos surdos e capacitar professores em Libras como garante a meta 4 do Plano Municipal de Educação, através da Lei Municipal n° 657/2015. O educador também está atuando na sala de aula fazendo a tradução dos conteúdos das disciplinas para os estudantes já alfabetizados em Libras.

“Fico feliz em saber que tem pais preocupados em incluir seus filhos na escola na rede regular de ensino. Receber esse convite do município para poder voltar a minha cidade natal e fazer esse trabalho é muito gratificante”, disse o docente Cristiano.

Além de Pereira, a educação do município conta ainda com as professoras Arlane Rodrigues e Marjane Gonçalves que estão atuando na capacitação dos alunos surdos que ainda não sabem Libras. Segundo a Secretaria de Educação, neste primeiro mês cerca de três estudantes já estão sendo acompanhados e um levantamento foi iniciado para identificar novas demandas em outras unidades de ensino.

“Quero dizer a toda a população de Guaratinga, eu tenho um compromisso com a educação. Esses alunos com necessidades especiais possuem uma patologia e precisam estar integrados na sociedade. Por isso, precisávamos de um professor de libras para acompanhar esses estudantes e eu estou muito feliz. Para quem não conhece, Cristiano é guaratinguense, filho de Maria Capixaba.” Explicou a prefeita Marlene Dantas.

A LIBRAS é a segunda língua oficial do Brasil. Desde 2005, o Decreto Federal nº 5.626 estabelece que alunos com deficiência auditiva tenham o direito a uma educação bilíngue nas classes regulares. Isso significa que eles precisam aprender a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como primeira língua e a Língua Portuguesa em sua modalidade escrita como segunda língua. Por isso, a Língua Brasileira de Sinais deve ser adquirida pelas crianças surdas o mais cedo possível.